segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Em sintonia com a 14ª Assembleia Ordinária do Sínodo dos Bispos, que ocorrerá em 2015, o tema escolhido para a 49º Dia Mundial das Comunicações Sociais será “Comunicar a família: ambiente privilegiado do encontro na gratuidade do amor”. O evento será celebrado no dia 17 de maio, domingo que antecede Pentecostes.
A reflexão retoma os ensinamentos de São João Paulo II na “Familiaris consortio”, que trata das mudanças culturais e a família. Em um trecho da encíclica, o santo escreveu que “as relações entre os membros da comunidade familiar são inspiradas e guiadas pela lei da ‘gratuidade’ que, respeitando e favorecendo em todos e em cada um a dignidade pessoal como único título de valor, se torna acolhimento cordial, encontro e diálogo, disponibilidade desinteressada, serviço generoso, solidariedade profunda”.
Celebração
A mensagem para o Dia Mundial das Comunicações Sociais será publicada na festa de São Francisco de Sales, padroeiro dos jornalistas, em 24 de janeiro de 2015. A celebração é o único Dia Mundial  estabelecido pelo Concílio Vaticano II, por meio do Decreto Inter Mirifica – 1963. Dioceses de todo o mundo organizam atividades para comemorar este dia, com missas, encontros de formação, coletivas de imprensa, debates etc.
No comunicado divulgado pelo Vaticano sobre o tema escolhido, é destacado que “a Igreja hoje deve novamente aprender a dizer o quanto a família é um grande dom, bom e belo. É chamada a encontrar o modo para expressar que a gratuidade do amor, que se oferece aos esposos, aproxima todos os homens a Deus e esta é uma tarefa magnífica. Porque direciona o olhar para a verdadeira realidade do homem e abre as portas para o futuro, a vida”. 
CNBB com informações do News.va

Brasil tem patronos dos Catequistas e dos Químicos

A Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos da Santa Sé confirmou São José de Anchieta como patrono dos catequistas do Brasil e o beato Francisco de Paula Castelló i Aleu como  patrono dos profissionais Químicos do Brasil. A decisão foi tomada atendendo ao pedido do arcebispo de Aparecida (SP) e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), cardeal Raymundo Damasceno Assis, feito em julho de 2013.
Dom Damasceno alegou em sua solicitação a “veneração fervorosa e contínua” dada pelo clero e dioceses do país ao santo que “se dedicou ao ensino e à transmissão da catequese no território brasileiro” e ao bem-aventurado “que não hesitou doar a sua vida totalmente a Cristo”.
São José de Anchieta
Canonizado pelo papa Francisco, no dia 03 de abril de 2014, o chamado Apóstolo do Brasil é considerado pelo presidente da CNBB um modelo evangelizador e missionário. “Nos ensinou que o Evangelho, ao ser anunciado, deve ser inculturado, levando em conta a cultura das pessoas ao qual se destina”, disse dom Damasceno na ocasião da canonização.
Natural de Tenerife, nas Ilhas de Canárias, na Espanha, Anchieta nasceu no dia 19 de março de 1534 e chegou ao Brasil em 1553. Foi responsável pela criação do colégio de Piratininga no dia 25 de janeiro de 1554, que deu origem à cidade de São Paulo.
No decorrer de sua vida, o santo passou por lugares como São Paulo, Espírito Santo e Bahia propagando os ensinamentos do Evangelho. Faleceu na cidade de Reritiba (atual Anchieta, no Estado do Espírito Santo), em 9 de junho de 1597.

Beato Francisco de Paula Castelló i Aleu
Divulgação - http://www.franciscocastello.com.br/
Francês da cidade de Alicante, o beato nasceu em 19 de abril de 1914. Considerado mártir, Francisco Castelló foi condenado à morte por não negar sua fé católica. Em 1936, diante de um Tribunal Popular, respondia às perguntas dizendo com firmeza: “Sim, sou católico”. A relação com os químicos surge de sua formação em Química pela Universidade de Oviedo, no Principado de Astúrias, na Espanha.
Francisco de Paula Castelló i Aleu atuou em sua vida religiosa com pobres e trabalhadores. Faltando algumas horas para ser fuzilado, o beato escreveu uma carta a um amigo, padre Galán, entregando o seu “pobre testamento intelectual”, no qual havia um projeto de “compressor de amoníaco”.
São João Paulo II foi o responsável pela sua beatificação, em 11 de março de 2001. Em sua homilia, ressaltou o testemunho de mártir. “Ofereceu a sua juventude em sacrifício de amor a Deus e aos irmãos”, disse João Paulo II.
Fonte: CNBB

Cem anos do Movimento de Schoenstatt

Centenas de integrantes do Movimento Apostólico de Schoenstatt devem se reunir na Catedral Metropolitana de Natal, no próximo domingo, 28, para celebrar os cem anos de fundação do Movimento. A programação inicia às 8 horas, com acolhida às caravanas, seguida de um momento de oração. Ainda pela manhã acontecerá uma palestra sobre o Movimento. Às 11 horas, será celebrada missa, presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha. À tarde, será recitado o terço, acontecerá adoração ao Santíssimo Sacramento, encerrando a programação às 16 horas, com a coroação das imagens que peregrinam entre as famílias.
“Este é o Ano Jubilar. Por isso, a Família Schoenstatt é chamada a celebrar, com entusiasmo, visitando um Santuário mais próximo. No nosso caso, o Santuário mais próximo é o que fica localizado em Olinda (PE)”, diz o assistente eclesiástico do Movimento, na Arquidiocese de Natal, Padre Fábio Pinheiro. “No dia 18 de outubro próximo, como acontece todos os anos, faremos nossa Romaria Arquidiocesana para o Santuário, em Olinda”, adianta o Padre Fábio.

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

10º PHN de Nova Cruz

O Grupo de Oração Renascer da RCC da Paróquia da Imaculada Conceição de Nova Cruz, através do Ministério Jovem Renovo, realizou neste final de semana, dias 20 e 21 de setembro, o Congresso "PHN" 2014, com o tema: "Eis que Deus chama seus filhos amados", na quadra esportiva da Escola Municipal Nestor Marinho, que neste ano completa sua decima edição na cidade de Nova Cruz.  

No primeiro dia de evento, na abertura, logo pela manhã, o Ministério de Música Renascer deu as boas vidas com animação, louvor e oração. Após foi celebrada uma missa por cura e libertação, ministrada pelo Pe. José roberto da Rocha, mais conhecido por "Pe. Zezinho", pároco da Paróquia de Lajes, Caiçara do Rio dos Ventos e Pedra Preta/RN. Ao final da Missa o padre expôs o Santíssimo Sacramento e fez o passeio pela quadra. A tarde houve louvor, animação e pregação com Carlos André, pregador da RCC de Natal. O Ministério Jovem Renovo fez apresentação de coreografias. Na parte da Noite aconteceu grande show ao vivo com o ministério de Música Filhos da Luz, da cidade de Monte Alegre, e grande número de Jovens compareceram no show.

No segundo dia, segui-se com animações, louvores e oração. Outro pregador convidado foi Lucas, que também é de Natal, e fez a reflexão do tema do evento. Na parte da tarde, o Vigário Paroquial Pe. Pedro Cunha palestrou sobre o chamado a ser profetas. Os participantes deram testemunho do evento, das graças realizadas nos dois dias. O padre Francisco de Assis Inácio celebrou a missa de encerramento, fechando assim o evento e "dando inicio a caminhada de uma nova vida para aqueles que participaram".

 Acolhimento

 Acolhimento

 Acolhimento

 Pe. Zezinho, missa por cura e libertação

 Missa por cura e libertação

  Missa por cura e libertação

 Passeio do Santíssimo

 Carlos André, Natal.

 Apresentação

 Apresentação 

 Ministério Filhos da Luz

 Ministério Filhos da Luz


 Lucas, Natal

 Pe. Francisco de Assis

 Missa de Encerramento

Fotos: Robervânio

Na Albânia, papa destaca convivência pacífica entre as religiões

“Estou muito contente de encontrar-me convosco nesta nobre terra da Albânia, terra de herois que sacrificaram sua vida pela independência do país, terra dos mártires, que deram testemunho de sua fé nos tempos difíceis de perseguição”, disse o papa Francisco às autoridades albanesas que o receberam neste domingo, 21, em Tirana, capital albanesa. Entre os presentes estavam o presidente albanês, Bujar Nishani, o núncio apostólico, dom Ramiro Moliner Inglés, e o primeiro ministro, Edi Rama.
Na oportunidade, Francisco falou sobre o caminho da Albânia na recuperação de suas liberdades civis e religiosas, alertou para a instrumentalização das diferenças entre as religiões e elogiou a convivência pacífica e a colaboração entre os membros de diversos credos na terra albanesa.
“Passou quase um quarto de século desde que a Albânia encontrou de novo o caminho árduo, porém, emocionante, da liberdade. Graças a ele, a sociedade albanesa pôde iniciar um caminho de reconstrução material e espiritual, implantou tantas iniciativas e abriu-se à colaboração e ao intercâmbio com os países vizinhos dos Balcãs e Mediterrâneos, da Europa e de todo o mundo. A liberdade recuperada permite-lhes olhar para o futuro com confiança e esperança, colocar em marcha projetos e tecer novas relações de amizade com as nações próximas e distantes”, expôs o papa.
Sobre os direitos humanos, Francisco destacou a liberdade religiosa e de expressão como condição prévia para o desenvolvimento social e econômico de um país. “Quando se respeita a dignidade do homem, seus direitos são reconhecidos e tutelados, floresce também a criatividade e a engenhosidade. A personalidade humana mostra suas múltiplas iniciativas em favor do bem comum”, ressaltou.
Clique AQUI e veja toda a reflexão do Papa Francisco.
Com informações da agência VIS e fotografia da Rádio Vaticano

Encontrão do Dízimo reúne centenas de agentes

Randenclécio Xavier conduz momento de animação, no início do Encontrão (Foto: Cacilda Medeiros)
Mais de 1.300 agentes da Pastoral do Dízimo, das paróquias da Arquidiocese de Natal, se reúnem em Natal, neste domingo, 21 de setembro. Eles participam do Encontro Arquidiocesano do Dízimo. A programação teve início às 7h30, na Catedral Metropolitana, onde, no pátio, foi oferecido um café da manhã. A partir das 8 horas, houve um momento de acolhida, conduzido pelo coordenador arquidiocesano da Pastoral do Dízimo, Randenclécio Xavier. Na ocasião, Randenclécio também falou sobre a missão do agente do Dízimo. “Somos todos missionários, porque missionário é aquele que leva a Palavra de Deus a o outro. A Igreja nos convida, insistentemente, à missão e à conversão pessoal e pastoral”, enfatizou.
Depois, os agentes ouviram as palavras de acolhimento proferidas pelo coordenador arquidiocesano de pastoral, Padre Francisco das Chagas de Souza. Ele, além de acolher, em nome da Arquidiocese, os participantes do Encontro, também falou sobre o ensinamento de Jesus do ‘ir em missão e evangelizar’. Padre Chagas destacou o Documento 100, da CNBB, que enfatiza a conversão pastoral. “Precisamos ir ao encontro de Jesus, nos converter pessoal e pastoralmente, para melhor evangelizar”, disse.
Ainda pela manhã, os agentes participam de conferências sobre temas ligados ao dízimo, que acontecem em colégios, centros pastorais e instituições localizadas nas adjacências da Catedral. Às 14 horas, na Catedral, participam de uma palestra com o tema: “O Dízimo como uma prática de Encontro com os irmãos”, ministrada por Luís Tarcísio, da Diocese de Santo Amaro (SP). Às 15h30, será feita a apresentação da Planilha do Dízimo, pelo ecônomo da Arquidiocese, Padre Valdir Cândido de Morais. A programação será encerrada às 16h, com a celebração eucarística, presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Jaime Vieira Rocha.
Fonte: Arquidiocese de Natal

Presidente da CNBB fará entronização da imagem de Aparecida na igreja de St. Patrick, em Miami

O arcebispo de Aparecida (SP) e presidente da CNBB, cardeal Raymundo Damasceno Assis, fará a entronização da imagem fac-símile de Nossa Senhora Aparecida na igreja de St. Patrick, em Miami, nos Estados Unidos.
A missa de entronização será celebrada neste sábado, 6 de setembro, às 11h (horário local), com participação da comunidade local, bispos e padres. A imagem foi doada pelo Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida (SP) a pedido da arquidiocese de Miami.
Devoção
Fundada em 1926, a igreja de St. Patrick acolhe cerca de 2 mil famílias, de várias classes sociais e diferentes países. A paróquia também sedia a St. Patrick Catholic School, uma escola primária e média, com 250 alunos e uma pré-escola com cerca de 150 crianças matriculadas. O pároco atual é padre Roberto M. Cid, nomeado em 2012. 
Fonte: CNBB/Com informações da arquidiocese de Aparecida. 

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

10º PHN de Nova Cruz está chegando!

O PHN acontecerá em Nova Cruz na escola Nestor Marinho e estamos convidando você, filho amado de Deus porque " Eis que Deus chama seus filhos amados! " 

OBS. : Todo o evento a entrada é franca ( gratuita ), exceto o show do sábado a noite que custa R$3,00. Aos que vierem de outras cidades nós disponibilizamos de um pacote ao preço de R$20,00 com a senha do show, almoço, janta, café da manhã, banho e lugar para dormir. Se desejarem mais informações ou informar a vinda, favor entrar em contato conosco pelo endereço da página " Ministério Jovem Renovo ".



Lagoa d'Anta festeja padroeira


A comunidade de Lagoa d’Antas, pertecente a Paróquia da Imaculada Conceição de Nova Cruz, convida todos os fiéis da Paróquia da Imaculada Conceição para participarem da Festa de sua padroeira Santa Terezinha, no período de 22 de setembro a 1º de outubro. Com missas todas as noites com padres convidados e quermesse. O encerramento será dia 1º de Outubro com procissão e missa. Todos estão convidados.

Missão Jovem na comunidade Assentamento

Os jovem da Paróquia da Imaculada Conceição de Nova Cruz realizaram mais uma Missão Jovem, e desta vez foi na comunidade Assentamento.A missão começou a partir das 15 horas com concentração na capela da comunidade para oração e orientação dos grupos de evangelização. Os Jovens saíram em grupos visitando as famílias da comunidade, com a palavra de Deus e Terços, até chegar na comunidade de Conceição. As 18 horas foi realizado arrastão com animação do DJ Diogo Oliveira, saindo da comunidade de Conceição para o Assentamento, onde aconteceu a celebração de encerramento, presidida pela Ir. Aparecida.